Pesquisar
unidades-de-conservacao-estadual

Inea promove balanço de fim de ano com as unidades de conservação estaduais

Compartilhe:

Na última semana, nos dias 4/12 e 6/12, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), por meio da Diretoria de Biodioversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas, promoveu as reuniões de balanço de 2023 com os técnicos e gestores de unidades de conservação estaduais. O objetivo foi avaliar os projetos realizados este ano e mapear as iniciativas de 2024.

Os destaques de 2023 foram para o fomento à pesquisa, além do investimento da acessibilidade das trilhas para pessoas com mobilidade reduzida, e o aumento da interação das unidades de conservação com as comunidades do entorno. Para o próximo ano, a prioridade é a conclusão da elaboração e da revisão dos planos de manejo das áreas protegidas e o estímulo à gestão sustentável dos resíduos, em especial ao combate ao lixo no mar.

Para a diretora de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas, Julia Bochner, é essencial que a prioridade seja ordenar os objetivos antes de partir para a ação. “Conseguimos alinhar a nossa visão de futuro, o que é importante para que a gestão das nossas unidades de conservação continue sendo feita de maneira exemplar, de modo que possamos proteger cada vez mais a biodiversidade fluminense”, explicou a diretora

“O planejamento é uma importante ferramenta para a gestão das unidades de conservação do INEA. Desde a implementação da Resolução Conjunta SEA/INEA n° 666/2018, registramos avanços significativos nessas áreas, com aproximadamente cem planos de ação sendo implementados anualmente. Dentro da missão da Gerência das Unidades de Conservação, o planejamento se destaca como uma das principais estratégias para a efetiva implementação das UCs”, complementou o gerente de Unidades de Conservação do instituto, Eduardo Antunes.

Fonte: Inea RJ
Siga o Rota
Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *