Governo do RJ abre mais 250 novas vagas para o Ambiente Jovem

Programa tem inscrições abertas em Arraial do Cabo, Búzios, Cordeiro, Cachoeiras de Macacu e Silva Jardim

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas), abriu 250 novas vagas para o Ambiente Jovem, maior programa de Educação Ambiental do país. Com turmas em 40 localidades já em funcionamento, a iniciativa abrangerá ao todo 6 mil jovens em todo o território fluminense.

Com 50 vagas em cada, os Núcleos de Pertencimento (NUPs) com inscrições abertas estão localizados nas cidades de Arraial do Cabo, Búzios, Cordeiro, Cachoeiras de Macacu e Silva Jardim. Além de se tornarem agentes de transformação ambiental e social, os jovens contemplados pelo programa têm direito a uma bolsa-auxílio mensal de R$ 200.

“Temos certeza de que os jovens dos 120 NUPs previstos nos darão muito orgulho, a educação é o melhor investimento que um governo pode fazer. Acreditamos na juventude e no seu papel estratégico na formulação de políticas ambientais concretas e efetivas”, afirma o secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, José Ricardo Brito.

Podem se inscrever no programa os jovens de 16 a 24 anos que morem nas localidades dos NUPs. As inscrições são feitas on-line no site www.ambientejovem.com.br e os selecionados receberão contato via e-mail ou WhatsApp.

ANÚNCIO

Sobre o Ambiente Jovem

A iniciativa, voltada para jovens de 16 a 24 anos, tem como objetivo formar agentes de transformação ambiental e social em suas comunidades. Ao todo, serão 120 núcleos em áreas de vulnerabilidade social em todo o território fluminense. Além da capacitação em diversos temas pertinentes, os participantes receberão uma bolsa mensal de 200 reais vinculada ao mínimo de 75% de presença nas atividades.

Após passarem pelo processo de capacitação sobre sustentabilidade e cidadania, os participantes estarão aptos a exercitarem e multiplicarem esse conhecimento e vão construir um plano de sustentabilidade para suas comunidades. As atividades práticas propostas pelas oficinas de Arte-Educação vão servir como base para executar esse plano com o apoio do educador ambiental.

ANÚNCIO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ANÚNCIOS