Pesquisar
Compostagem feita em uma caixa

Saiba como fazer uma compostagem na caixa

Descubra como fazer compostagem na caixa, reduzindo resíduos da cozinha e enriquecendo o solo de forma simples e eficaz

Compartilhe:

Na Universidade do Norte Fluminense, Uenf, o projeto de extensão ensina as pessoas a fazerem compostagem, tudo de uma forma simples e possível de fazer até mesmo para quem mora em apartamento. A iniciativa foca na redução do volume de resíduos, mas também em oferecer para plantar nutrientes ricos e que antes estavam sendo encaminhados para o aterro.

Acompanhe a matéria completa que o Rota Verde fez:

Anote o que você vai precisar:

  • Resíduo da cozinha: restos de frutas, pode café com filtro e verduras. Não pode nada que foi cozinho, derivados do leite e fezes de cachorro
  • Pra dar uma acelerada no processo, são usados os chamados ativadores. Que podem ser esterco, raiz com parte do solo e chorume ativado, que geralmente vem de outra composteira. Existem também alguns que podem ser comprados em lojas agrícolas.
  • Os outros materiais importantes nesse processo são os controladores de decomposição e umidade. É possível usar folhas secas, grama e serragem.
  • Duas caixas de plástico. A de cima precisa ser furada e não pode ter tampa de plástico, mas sim o TNT para que os microosganismos tenham contato como ar que ajudam a acelerar o processo. Já a caixa de baixo vai ser encaixada a de cima, vai ser para receber o líquido que vai escorrer da mistura, que no caso é o chorume.

Como fazer:

  • Coloque uma camada dos controladores de decomposição, pode ser grama, serragem ou folha seca
  • Depois coloque os orgânicos que são os restos de frutas, verduras. Importante misturar
  • Adicione os ativadores da compostagem: chorume,esterco ou raíz com o solo
  • Mistures bastante e deixe de colocar resíduo por um mês
  • Depois, tenha a rotina de sempre misturar, a expectativa que de dois a três meses sua compostagem orgânica já esteja pronta para jogar nas plantas.

 

 

Siga o Rota
Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *