Pesquisar
FT-Casamento (4)

Casal fica noivo no Pico da Bandeira

Um casal de namorados do município de Alegre, no Sul do Espírito Santo, aproveitou a subida ao Pico para mudar o status de relacionamento

Compartilhe:

Parecia só mais uma subida ao Pico da Bandeira, no Parque Nacional do Caparaó, durante a madrugada do último sábado, 6, para aquela chegada triunfante ao nascer do sol, mas na verdade o músico Brunu Garcia, morador do município de Alegre, queria mesmo era surpreender sua namorada a médica veterinária, Vitoria Pavesi, com um pedido de casamento no lugar especial para o casal. Depois de sete anos de namoro, a mudança de status de relacionamento foi em grande estilo, em uma das paisagens mais lindas do Brasil.

“Eu já estava com intenção de fazer o pedido, só que eu ainda não tinha achado uma oportunidade ou alguma situação bacana, algum momento legal para poder fazer esse pedido. Eu já estava com as alianças guardadas para fazer surpresa e aproveitei, que a gente tinha marcado de subir o Pico da Bandeira para fazer o pedido. No começo do nosso relacionamento, a gente tinha subido, o lugar acaba fazendo parte da nossa história”, explica o músico.

 

Subir a terceira montanha mais alta do Brasil não é tarefa das mais fáceis, são 2 890 metros de altitude, atenção redobrada para o trajeto, muito frio e o desafio da subida a cada hora, além de controlar tudo isso, Brunu ainda ficou com medo da aliança cair, ou mesmo, ser descoberto pela namorada. “Eu coloquei as alianças no bolso da jaqueta e preocupado se ela não iria achar, claro, preocupado de cair no meio do morro, então toda hora, eu estava conferindo, mas graças a Deus tudo certo”, conta Brunu.

Os dois foram juntos com outros amigos fazer a subida, Brunu tem vários projetos de música como a banda Gelo Nove, Alldeia, entre outros trabalhos. Mas há anos tem uma ligação forte com a região do Caparaó, principalmente pelas letras das músicas da banda Alldeia, algumas falam da experiência de subir a “ Montanha Sagrada”. Foi Thiago, vocalista da banda, que ficou com a missão de fazer o vídeo que mostra exatamente o pedido de casamento.

(confira o vídeo no insta do @rotaverde)

“Foi uma sensação muito boa de ansiedade, felicidade ao mesmo tempo eu sem querer acreditar, não é sem querer acreditar, não estava acreditando que estava acontecendo aquilo. Juntou também tudo, o cansaço de estar subindo, muito frio, sei que a gente chegou, sentou lá no chão para esperar o sol nascer, eu me enrolei na coberta e não queria sair de lá, o Brunu insistindo para tirar foto e eu congelando, dizendo que era a última vez que a gente iria subir. Até que ele me venceu e fui, o Thiago filmando e aí ele pediu, ajoelhou. Eu meio sem entender, na primeira vez não abriu a caixa, muito nervosismo, achei que era até brincadeira dele, aí ele abriu a caixinha e caiu a ficha, o coração disparou, com felicidade e muito frio. Um sonho realizado”, lembra Vitoria.

Não foi a primeira vez que o casal subiu o Pico da Bandeira, mas com certeza, essa será inesquecível. “Para a gente tem um significado forte, pelo fato do começo do nosso relacionamento, a gente ter subido lá também, foi a primeira vez dela e isso já marcou muito. É um lugar assim que tem muito significado pelo fato gostarmos da natureza, da paisagem, sabemos que é cansativo para subir, mas quando você está lá em cima o visual, tudo melhora”, confessa Brunu.

Nas redes sociais o vídeo do casal que foi postado há três dias, já teve mais de 14 mil visualizações, o pedido cheio de amor inspira muitos casais e tira suspiros pela beleza do cenário. “Ele pediu, e eu disse sim! Quando eu paro para pensar em tudo que vivemos, tantos momentos bons, mas também tantas dificuldades e ainda percebemos juntos, vejo que realmente fizemos a escolha certa, amadurecemos e aprendemos tanto um com o outro, isso é maravilhoso! E cá estamos depois de 7 anos de namoro começando uma nova história em nossas vidas, um novo passo, tantos planos para o futuro e fico imensamente feliz em dizer sim, eu aceito me casar com você”, postou nas redes sociais Vitoria.

Siga o Rota
Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *