Pesquisar

Pint of Science Campos será realizado será realizado em Campos nesta semana

Compartilhe:

Campos dos Goytacazes é uma das 400 cidades em todo o mundo a participar, nos dias 23 e 24 de maio, do Festival Pint Of Science, maior evento internacional de divulgação científica. Pesquisadores da UENF, UFRRJ, UFF e IFF estarão participando do evento, que será realizado das 19 às 21h nos bares Meet Pub e Nomad Smokehouse, que ficam na região do bairro Pelinca.

A entrada é gratuita, pagando-se apenas o que for consumido nos estabelecimentos, e não há necessidade de inscrição. A ideia é divulgar a ciência para toda comunidade.

O festival discutirá temas como Energia sustentável, Racismo ambiental, Avanços tecnológicos na saúde, Culturas sub(urbanas), Bebidas que surpreendem, dentre outros temas. A programação contará com palestrantes como a coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Território e Conflitos Sociais, Tatiana Tramontani, da UFF; a produtora e pesquisadora de Kombucha, Adriana Grativol; a professora Cibele Stivanin e o professor Sérgio Seabra, ambos da UENF; e o doutor William Pereira, da UFRRJ, que atua no setor sucroalcoleiro, entre vários outros pesquisadores renomados da UFF, IFF UFRRJ, FMC e UENF, a instituição realizadora do evento.

O professor do IFF, Luiz Fernando Rosa Mendes, vai falar no dia 23 de maio, no Meet Pub, sobre o futuro da energia. O bate papo vai explorar as transformações do biodiesel e o que podemos esperar da revolução energética. Será apresentado ao público a energia limpa da cana-de-açúcar que está transformando a cidade de Campos. Vai ser apresentada também fontes  renováveis que estão impulsionando um mundo mais sustentável.

“A divulgação científica é de suma importância, por meio dela é que conseguimos extrapolar todo conhecimento e pesquisa que é feita no meio acadêmico para as pessoas, a divulgação cientifica precisa ter mecanismo que não tenha tanto aquele linguajar acadêmico, porque ela contribui de forma geral a comunidade e pertence a população. Quando a gente fala de meio ambiente é ainda mais importante, todos esse meios contribuem para acelerar o processo de conhecimento nesses problemas ambientais”, destacou o professor.

O festival nasceu na Inglaterra, em 2012, idealizado por pós-doutorandos que acreditavam ser necessário proporcionar discussões científicas fora do ambiente acadêmico, em locais descontraídos como bares e restaurantes. A ideia era tornar a ciência acessível ao público, de maneira informal.

O Pint of Sciense ocorre simultaneamente em 25 países, totalizando quase 400 cidades espalhadas pelo mundo. No Brasil, serão 123 cidades, incluindo 20 capitais estaduais e o Distrito Federal. No Brasil, o evento contará com mais de 600 pesquisadores e especialistas, que discutirão tópicos relevantes de diversas áreas do conhecimento em ambientes descontraídos, como bares, restaurantes.

Em Campos, o festival tem o apoio do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) e da Faculdade de Medicina de Campos (FMC), patrocínio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Hemoclin.

Confira a programação completa no site:

https://pintofscience.com.br/events/camposgoytacazes

Siga o Rota
Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *