Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Os 4 R’s da sustentabilidade

Os 4 R’s da sustentabilidade consiste em ações que reduzem o impacto de más atitudes dos seres humanos sobre o planeta: Reduzir, Reutilizar, Reciclar e Repensar.

A crise ambiental já é uma realidade. Os recursos naturais, a cada dia que passa, se tornam mais escassos uma vez que o ser humano segue, irresponsavelmente, retirando do meio ambiente insumos vegetais, animais, minerais para gerir  a manutenção da sociedade e do capitalismo.

Essa preocupação com o meio ambiente já é amplamente discutido. A Conferência  das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente – RIO 92 criada com o propósito de aliar “proteção ambiental, justiça social e eficiência econômica”. O resultado desse encontro foi sintetizado ao máximo em quatro palavras-chave: Reduzir, Reutilizar, Reciclar e Repensar.

Os 4 R’s da sustentabilidade consistem em ações que reduzem o impacto de más atitudes dos seres humanos sobre o planeta. Trazendo a teoria para a prática cotidiana, você poderá perceber que o sucesso da sustentabilidade começa com os pequenos atos dos cidadãos.

Reduzir

O primeiro dos R’s dela é “Reduzir”, pois ao analisarmos aquilo que adquirimos de uma maneira mais crítica tudo que adquirimos a quantidade de resíduos para lidarmos no final das contas será menor. Esse é o primeiro passo do consumo consciente, reduzir a quantidade de resíduos produzida.

O consumo consciente e a economia de recursos naturais são os pilares do Reduzir. Se nos atentarmos nas compras que realizamos no dia a dia e nos serviços que escolhemos contratar poderemos perecer muitas coisas que não precisamos ou que usamos poucas vezes.

Quando falamos de reduzir existem muitas maneiras práticas de por em prática essa filosofia. Começando pelo lixo que produzimos em nossas casas. Ao realizar atividades como caminhar e pedalar ao invés de utilizar veículos que utilizam combustíveis, dar preferência a itens que durem mais, substituir as sacolas de plástico por uma sacola ecológica, economizar água e energia, entre outros, estamos reduzindo o nosso consumo e consequentemente a geração de lixo.

As indústrias são as primeiras responsáveis pela redução de resíduos gerados podendo desempenhar um papel importante na redução através da adoção de novos processos e tecnologias menos poluentes e que utilizem a matéria prima de maneira integral. Cabe aos consumidores apoiarem as empresas que optam por atitudes sustentáveis e ao governo fiscalizar as atividades indústrias a fim de garantir a manutenção saudável do meio ambiente.

Reutilizar

O segundo “R” é o Reutilizar. Tudo que é fabricado necessita do uso de energia e matéria-prima, assim, ao jogarmos algo no lixo, desperdiçamos a energia que foi usada na fabricação. Ao reutilizarmos damos um novo propósito a energia investida para produzir um objeto.

Muito do que descartamos poderia ser reutilizado para outros fins. Antes de descartar algum material, é preciso analisar se ele pode ser reutilizado – muitas vezes, com uma função totalmente diferente. Utilize a criatividade.

Boa parte do que consumimos pode ser reutilizado. É possível reutilizar as cascas de frutas ou legumes danificados para compor o solo. Utilizar rascunhos e embalagens para guardar um novo produto. Potes e garrafas pet podem ser utilizados como vasos de plantas. Aumentar a vida útil de livros, jornais e revistas, trocando-os com amigos. Usar a impressão dos dois lados do papel. Entre outras infinitas maneiras de dar um novo começo a algo que seria descartado.

 

 

Reciclar

O terceiro “R” é o Reciclar. A reciclagem é um processo que permite transformar materiais já utilizados em outros para nova utilização.  Reciclar consiste em converter um objeto usado em um novo produto, tem por finalidade a recuperação das estruturas de determinado objeto a fim de reintroduzi-lo em um novo ciclo. Essa prática promove a economia de recursos naturais uma vez que diminui a  matéria-prima retirada da natureza.

O primeiro passo é proceder à coleta seletiva em sua casa, separando o lixo orgânico do reciclável. Dessa forma, encaminham-se os resíduos para destinos corretos, de acordo com o tipo de material (vidro, papel, plástico, metas e orgânicos). Uma dica muito importante é também separar as pilhas, medicamentos e materiais de limpeza.

Processo de reciclagem  é considerado como “ganha-ganha”, isto é, tanto a população quanto o meio ambiente são fortemente beneficiados. Ao reciclar geramos ganhos financeiros e novos empregos, além de que a prática de reciclagem contribui positivamente para a redução do volume de lixo que vai para os aterros sanitários.

 

Repensar

O quarto dos R’s é o Repensar. Corresponde à atitude que tomamos e que tem consequência direta em nossas vidas e ao meio ambiente. Vai além do consumo, parte de nós e como podemos enxergar o mundo que vivemos. Questionar qual o nosso impacto no nosso planeta e sociedade em vários espectros. 

 

Assim, deve-se sempre reavaliar e mudar a postura perante a maneira como estamos vivendo. Questionar é sempre uma ótima opção. Se perguntar coisas básicas como se: os gastos com a energia são compatíveis com minhas necessidades? Consumo só o que preciso? Estou comprando isso por impulso? Poderia fazer esse percurso a pé? Não se trata de deixar de fazer as coisas, mas sim de fazer de uma maneira que melhore a qualidade de vida e respeite o meio ambiente.

Repensar nos permite reavaliar nossas atitudes e tomar melhores decisões sobre meio ambiente e hábitos de consumo; refletir antecipadamente a uma decisão que estamos prestes a tomar podendo dar a ela a melhor resolução ou alterá-la se julgarmos necessário com base nas possíveis consequências. Dessa maneira podemos avaliar as condições e colocar em prática todos os outros R’s.

O conjunto dos 4 R’s da sustentabilidade são chaves para refletirmos como nossas atitudes podem impactar no meio ambiente. Ainda mais, podemos perceber como as empresas e grandes produtores se portam perante o meio ambiente e assim optar por consumir e apoiar aqueles que tomam medidas adequadas e que respeitam o meio ambiente como um todo.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *