Companhia das plantas para deixar a energia melhor

“Pessoas buscam cada vez mais decorar a casa com plantas, principalmente durante a quarentena, esse hábito ficou ainda maior”

Nunca passamos tanto tempo dentro de casa, ficou ainda mais importante o olhar para as coisas simples, os hábitos saudáveis que nos deixam forte e a busca por tranquilidade. No universo da quarentena, que era para durar alguns meses e completou um ano em março de 2021, essa sensibilidade está aflorada e o cuidar se tornou importante, as plantas são muito bem-vindas em casa, ou melhor, necessárias.

A jornalista Mayara Carneiro deu o primeiro passo porque queria muito decorar o apartamento, sentiu que o lugar precisava de “vida”. No começo, ela resolveu colocar as plantas no chão da sala, mas o Lírio da Paz começou a dar sinais que não estava se adaptando ao local escolhido.

“Eu não entendia o motivo. Até que pesquisei e descobri que plantas como ela gostam de sombra, e que algumas pessoas tiveram uma experiência positiva com samambaias no banheiro e decidi colocá-la também. Foi a coisa certa e ela até floresceu! Foi uma alegria sem fim. Eu fiquei tão emocionada e admirada”, lembra a jornalista.

Mas nem tudo foi acerto, a jornalista resolveu colocar uma planta na cozinha e por lá, a espécie não resistiu e acabou morrendo. “Coloquei ela no lugar do nicho do armário da cozinha porque o micro-ondas queimou. Ficou linda e deu uma diferença incrível porque a minha cozinha é cinza. Não sei o que aconteceu que ela acabou morrendo. Nossa, foi muito triste”, explica Mayara.

É um relacionamento sério com as plantas, quem ama todos esses cuidados sabe exatamente o que significa isso, como muda a rotina, incentiva a ler sobre o assunto e até conversar com as pessoas, os mais próximos acabam recebendo presentes que fatalmente são plantas e os lugares ganham mais verde. É uma descoberta que as pessoas gostam de compartilhar, no caso da jornalista Mayara, essa vivência ficou ainda mais fortes quando descobriu que estava com a Covid 19.

“O objetivo de ter uma planta mudou completamente depois que fui diagnosticada com Covid-19. Foram dias horríveis que lidei com dores intensas, fraqueza, falta de expectativa e de ser obrigada a ficar longe da minha filha, que tinha acabado de completar dois anos. A ansiedade aumentou 90% junto com a preocupação e só de olhar para as plantas e conversar com elas, sim eu converso muitas vezes, me fez bem. Um bem diferente porque você não espera isso e depois de conversar com uma bióloga, descobri que é comprovado cientificamente que as plantas e o verde como um todo traz benefícios para o humano além da questão da manutenção do clima. É muito bom e satisfatório e, por isso, não quero perder essa proximidade com a natureza”, lembra Mayara.

Incentivo da família

Quem nunca teve uma avó, mãe ou mesmo aquela tia apegada as plantas, para cada problema uma espécie diferente que dá uma forcinha. Está na cultura popular e nos costumes de muita gente. “A minha avó sempre teve um quintal grande e com vários tipos de plantas, horta e até cana-de-açúcar, e decidiu me dar uma planta depois de muitos pedidos. Ela é ciumenta com o jardim. Quando vi que a minha planta tinha esse nome e que ela por si só transmite paz, além de tirar as energias ruins da casa fiquei contente porque era ideal para mim. Minha profissão exige muito do pensamento e dependendo do assunto, a gente toma aquela informação como um fardo porque é algo automático e geralmente as notícias não são fáceis”, destaca Mayara, que já disse que vai adaptar o pequeno apartamento às plantas, um jardim vertical está nos planos.

Dicas para ter plantas no apartamento:

Iluminação: Caso contrário, elas não conseguem realizar a fotossíntese.

Plantas ideais: Espada de São Jorge, Jibóia, Ivy, Cactus, Palmeira-ráfia, Quadro Verde, Mini Jardim Vertical e Pacová.

Decoração: Utilize prateleiras e nichos: para economizar espaço é possível aproveitar alguma parede da residência para instalar nichos e prateleiras, assim é fácil acomodar plantas específicas para ambientes pequenos: cactos ou suculentas, por exemplo.

Vasos: Para aquelas que crescem em vasos é bom manter um prato com areia na base para evitar o vazamento de água ao regar (sem dengue, por favor!), e, também, para manter a umidade por mais tempo; Deixe as plantas sempre perto de janelas para receber ao menos um pouco de luz diariamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.